O Espaço em Portugal

Portugal participa em diferentes programas espaciais europeus através de instituições de investigação científica e tecnológica e indústria tendo como maiores parceiros a Agência Espacial Europeia (ESA) e o Observatório Europeu do Sul (ESO) aos quais aderiu no ano 2000.

As contribuições portuguesas inserem-se em variadas áreas, como por exemplo as comunicações por satélite ou a exploração robótica, abrangendo as diferentes fases de projecto, desde o desenvolvimento à implementação, e análise científica dos dados recolhidos pelas missões.

O investimento português em programas espaciais tem-se revelado muito positivo quer em termos financeiros, quer em termos de capital humano. Em termos económicos o retorno entre 2000 e 2009 foi cerca de duas vezes superior ao investimento inicial. A adesão de jovens engenheiros e cientistas aos programas de estágios tecnológicos ligados ao espaço tem vindo a aumentar o que revela o enorme interesse que esta área tem junto dos jovens e as oportunidades de futuro que estas carreiras potenciam.

Na primavera de 2019, arrancou a Agência Espacial Portuguesa, o Portugal Space. Esta instituição deverá ser, em primeira instância, considerada um instrumento do Governo português, em estreita articulação com o Governo Regional dos Açores. Com sede em Santa Maria e em Lisboa, a Agência tem como principal objectivo concretizar a estratégia nacional “Portugal Espaço 2030”. Pretende-se desta forma ajudar Portugal a tornar-se num País com capacidade industrial competitiva, inovadora e com uma base científica de excelência no sector espacial, gerando empregos altamente qualificados, inspirando as novas gerações e posicionando o nosso País como um ator relevante no progresso a nível global.

Instituições Científicas e Centros de Ciência


*CA3 - Computational Intelligence Research Group, UNINOVA

CENTRA - Multidisciplinary Centre for Astrophysics

Centro de Ciências e Tecnologias Aeronáuticas e Espaciais (CCTAE)

Centro de Investigação em Ciências Geo-Espaciais (CICGE)

C-MAST | Center for Mechanical and Aerospace Science and Technologies

Grupo de Biodiversidade dos Açores (GBA)

*INOV INESC Inovação

Instituto de Ciências da Terra da Universidade de Évora (ICT)

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

*Instituto de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial (INEGI)

Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN)

*Instituto de Sistemas e Robótica (ISR)

*Instituto de Telecomunicações (IT)

*Instituto Pedro Nunes (IPN)

*Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)

Laboratório de Instrumentação e Física Experimental (LIP)

Laboratório de Óptica, Lasers e Sistemas (LOLS)

*LARSyS - Robotics and Systems in Engineering and Science

Observatório Astronómico de Lisboa (OAL)

Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (OGAUC)

Indústria

Brochura criada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), que elenca as principais empresas portuguesas ligadas ao sector espacial. 


Active Aerogels

Active Space Technologies

*CA3 - Computational Intelligence Research Group, UNINOVA

CEiiA

Critical Software

Deimos Engenharia

EDISOFT

EFACEC

Eixo Digital

EVOLEO Technologies

GMV Innovating Solutions 

*INOV INESC Inovação

*Instituto de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial (INEGI)

*Instituto de Sistemas e Robótica (ISR)

*Instituto de Telecomunicações (IT)

*Instituto Pedro Nunes (IPN)

*Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)

*LARSyS - Robotics and Systems in Engineering and Science

 

*Nota: As instituições assinaladas com um asterisco estão simultaneamente ligadas à investigação científica e à indústria.




Partilhe