Ação de longa duração em Viana do Castelo!


A ação de longa duração "Novas Ferramentas para a Astronomia no Ensino Secundário" decorreu na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. A primeira sessão foi dada no dia 16 de março, seguiram-se mais três a 23 e 30 de março e a 6 de abril de 2019 e a última teve lugar no dia 1 de junho de 2019. Esta ação integrou o programa de atividades complementares do Simpósio da União Astronómica Internacional que decorreu nesta cidade em Junho deste ano.

A formação é destinada a professores do Ensino Secundário (código de grupo docência 510).


As inscrições encontram-se agora encerradas.


Conteúdos:

Este curso foi criado para providenciar uma formação estruturada no sentido de preencher o maior número possível de lacunas que os professores possam ter nos temas atuais de Astronomia. Deu-se particular destaque à componente prática e foram apresentadas ferramentas computacionais modernas mais apelativas para as novas gerações.

Sendo a Astronomia uma área observacional por excelência, espera-se que os formandos tenham adquirido as competências necessárias para:

  • Serem capazes de planear e efetuar observações com telescópios;

  • Poderem utilizar e dirigir a utilização pelos alunos dos recursos de exploração astronómica que se encontram disponíveis online (como por exemplo para a deteção observacional de objetos como supernovas ou galáxias e a respetiva classificação);

  • Poderem programar (na linguagem que escolherem) algoritmos astronómicos simples e relevantes para os programas do Ensino Secundário (como por exemplo de simulação e visualização de órbitas planetárias).

 

Formadores:

Carlos Martins e Paulo Maurício do CAUP (Centro de Astrofísica da Universidade do Porto).

 

Condições de participação:

Atendendo à dinâmica e metodologias previstas para a formação, determinaram-se os seguintes critérios de frequência:

  • Professores que lecionem nos grupos de recrutamento a que se destina a formação;

  • Condições para realizar as atividades em sala de aula (o professor tem de ter uma turma);

  • Data de entrada da inscrição;

  • Carta de motivação.

 

Outras informações importantes:

A formação foi gratuita e teve uma duração total de 25 horas que foram distribuídas pelos 5 dias. As sessões foram semanais (com a exceção da última, em junho) para que os professores tivessem tempo de aplicar os conteúdos aprendidos em contexto de sala de aula e para que pudessem partilhar os seus resultados com os colegas.

Aguardamos ainda a acreditação na modalidade de Curso de Formação.

Mais informações estão disponíveis no Centro de Formação da Academia Ciência Viva (inclusivamente sobre a metodologia, módulos e avaliação da formação).




Partilhe





Outras iniciativas