15 e 16 de novembro | Inscrições encerradas


 A 6ª Conferência de Professores EspaciAis vai decorrer nos dias 15 e 16 de novembro de 2019, no Pavilhão do Conhecimento. O tema deste ano é “Exploração Espacial: Marte ou Lua?”.

Atenção: As inscrições, tanto nas palestras como nos workshops, encontram-se encerradas. 

Já temos a lista completa de oradores confirmados, que pode ser consultada um pouco mais abaixo. Para além das palestras e da já habitual presença de um representante da ESA, os professores podem contar com 6 workshops de temas diferentes, dos quais podem escolher 3 para participar.

Os workshops vão abordar as temáticas da geologia planetária, programação, inteligência artificial, hidroponia, impressão 3D e lançamento de foguetões. Todos os workshops têm a duração de 1h30min.

Nota Importante: Foi pedida a acreditação desta conferência ao Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua. 

Consulte aqui o Programa (versão PDF).

Veja também a lista de palestras e oradores da conferência.

Leia tudo sobre os workshops que oferecemos antes de selecionar os 3 da sua preferência.

 

Inscrições na Conferência

As inscrições na Conferência encontram-se encerradas.

 

Inscrições nos Workshops

As incrições nos workshops da Conferência encontram-se encerradas

 

Workshops

Workshop 1 - Geologia de subsuperfície | 1º, 2º e 3º Ciclos

30 lugares por sessão | Escolinha Ciência Viva A

A missão Apollo 17 trouxe para a Terra cerca de 3 metros de sondagens provenientes da Lua. A recolha de sondagens por perfuração é uma prática comum em várias indústrias, como a prospeção e captação de aguas subterrâneas, construção civil ou as indústrias petrolíferas. Estas sondagens, que perfuram o subsolo, permitem-nos ter acesso a informações importantes como a estrutura rochosa e a sua composição. Nesta atividade vamos perceber como podemos analisar e interpretar estas sondagens (LOGs).

Temáticas: Geologia, Lua, Amostragem, Planetas, Geodinâmica Interna, Rochas


Workshop 2 - Projetando o futuro no Espaço com modelação e impressão 3D | 1º, 2º e 3º Ciclos

32 lugares por sessão | Biblioteca

A impressão 3D é uma ferramenta que se tem vindo a tornar cada vez mais acessível a todos os cidadãos. A sua utilização traz também várias vantagens para a Exploração Espacial: permite realizar tarefas que antes eram impossíveis para os astronautas e diminui a quantidade de material que é preciso levar para o Espaço, baixando assim o consumo de combustível e rentabilizando as viagens espaciais. Através da utilização de softwares gratuitos, os participantes deste workshop terão a oportunidade de pensar, projetar e modelar um protótipo de um habitat artificial extraterrestre e debater a importância que a impressão 3D terá no futuro da exploração Espacial.

Temáticas: Impressão 3D, Modelação, Habitat, Base lunar


Workshop 3 - Sobrevivência no Espaço | 1º, 2º, 3º Ciclos e Secundário

25 lugares por sessão | Laboratório

Em missões espaciais de curta duração é possível transportar os alimentos necessários para a sobrevivência dos astronautas. No entanto, em futuras missões de maior duração, como por exemplo em bases na superfície de outros planetas como a Lua ou Marte, a produção de espécies agrícolas e hortícolas será uma questão de sobrevivência. Neste contexto, a hidroponia, técnica de cultivo que dispensa o uso do solo, é, atualmente, foco de intensa investigação. A hidroponia é um método de cultivo que permitirá aos astronautas produzir os seus próprios alimentos no futuro. Nesta atividade, será montada um sistema hidropónico e serão avaliados e regulados diversos fatores que afetam a sua produtividade e funcionalidade.

Temáticas: Hidroponia, Nutrientes, Cultivo sem Solo, Água

 

Workshop 4 - Aplicações pedagógicas de Inteligência Artificial na educação para o Espaço: Um exercício prático | 1º, 2º, 3º Ciclos e Secundário

20 lugares por sessão | Sala dos Relógios

Os participantes vão aprender a usar uma plataforma de Aprendizagem Automática para aplicar conceitos de Inteligência Artificial na sala de aula, usando o Scratch, uma linguagem de programação por blocos.

Temáticas: Inteligência Artificial

 

Workshop 5 - Programando uma Mão Biónica | Secundário e Clubes de Robótica

30 lugares por sessão | Escolinha Ciência Viva B

Com os sucessivos avanços tecnológicos, a Exploração do Espaço torna-se mais real e mais viável a cada dia que passa. Contudo, os humanos têm que ser capazes de executar tarefas complexas em ambientes hostis. Através do conhecimento do funcionamento do nosso corpo aliado à tecnologia, somos capazes de criar ferramentas cada vez mais avançadas para facilitar as nossas tarefas no Espaço. Neste workshop vamos perceber como funciona e como podemos programar uma Mão Biónica.

Temáticas: Rover, Programação, Robótica, Exploração Espacial

 

Workshop 6 - Construindo Foguetões de Água | 1º, 2º, 3º Ciclos e Secundário

50 lugares por sessão | Átrio

Figuras como Tsiolkovsky e Goddard foram fundamentais para a Exploração Espacial. Os seus estudos forneceram muitas das bases para a construção dos foguetões que permitiram levar a Humanidade ao Espaço. Hoje em dia, muitas empresas estão na corrida para criar foguetões mais eficientes e que consigam transportar astronautas e carga a distâncias maiores de uma forma regular. Nesta atividade vamos voltar às origens da ciência dos foguetões e compreender as bases para a construção destas máquinas tão importantes para a indústria espacial.

Temáticas: Foguetões (Rockets), Impulso, Projéteis, Água

 

Palestrantes convidados (em atualização)

Chiara Manfletti · Presidente da Agência Espacial Portuguesa (Portugal Space)

Chiara Manfletti foi nomeada Presidente da Agência Espacial Portuguesa em 2019. É graduada em Engenharia Aeronáutica pelo Imperial College de Londres (2001), tem o mestrado em Estudos Espaciais pela International Space University (ISU) de Estrasburgo (2002) e o doutoramento em Engenharia Aeroespacial pela Universidade alemã de Aachen (2009). Trabalhou na empresa francesa SNECMA, na Agência Espacial Alemã, DLR, tendo posteriormente ingressado na Agência Espacial Europeia (ESA) em 2016, onde é assessora do Diretor Geral na sede da agência em Paris. Chiara Manfletti é cidadã italiana e alemã e tem ainda uma licenciatura em História pela Open University do Reino Unido (2013).

Tema da palestra: A Agência Espacial Portuguesa e a Educação para o Espaço


Carlos Catalão · Direção Ciência Viva

Carlos Catalão Alves ingressou em 1996 na equipa fundadora da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica. Em 2002 foi estudar investigação educacional na Universidade de Cambridge, Reino Unido, onde fez o doutoramento em Educação. Em 2009 tornou-se membro da Direção da Ciência Viva, cargo que ainda hoje ocupa. É professor de Comunicação de Ciência e Educação nos programas de Mestrado da Universidade Nova de Lisboa, onde é também investigador integrado no ICNOVA, grupo iNOVA Media Lab. 

Tema da palestra: Ciência de Dados e Inteligência Artifical: Novas abordagens na educação para o Espaço


Clara Cruz Niggebrugge · Responsável pelo Projeto ESERO na Agência Espacial Europeia (ESA)

Clara Cruz Niggebrugge é a Coordenadora do Projeto ESERO a nível Europeu no Departamento de Educação da Agência Espacial Europeia (ESA). Concluiu uma licenciatura em Matemática - ramo Educação, na Faculdade de Ciências de Lisboa em 2000, e mais tarde um Mestrado em Gestão de Comunicação Internacional en Haia, na Holanda. Há mais de 15 anos que trabalha na ESA em diversas funções ligadas à comunicação de missões de Observação da Terra, Exploração Espacial e gestão de projectos internacionais ligados à Comunicação e Educação.

Tema da palestra: Contribuição dos ESEROs para a Educação e missões futuras da ESA



Teresa Ferreira· Diretora de Espaço na GMV Portugal

Teresa Ferreira tem um Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computação pelo Instituto Superior Técnico, em Lisboa. Em 2004 ingressou na GMV, uma das empresas líderes no sector espacial, para trabalhar como engenheira de projetos na equipa do Sistema Global de Navegação por Satélite. Participou em projetos relacionados com a tecnologia de receptores para a Agência Espacial Europeia e para a Comissão Europeia. Trabalhou com o sistema europeu de navegação por satélite Galileo em diferentes áreas, como o desenvolvimento de ferramentas de simulação, análise de algoritmos, atividades de teste e desenvolvimento de software. Teresa é atualmente a Diretora do Espaço em Portugal da GMV.

Tema da palestra: Desafios Tecnológicos: da defesa planetária à limpeza espacial

 

António Veríssimo · Professor Auxiliar do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra

António Veríssimo doutorou-se em Microbiologia e é Professor Auxiliar do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra. Participou em 12 projetos de I&D, é coautor de 42 artigos científicos e de 15 capítulos em livros. Tem vários projetos de colaboração com o tecido empresarial, nomeadamente: controlo da qualidade bacteriológica em termas, controlo ambiental de efluentes resultantes da atividade mineira e qualidade bacteriológica da água.

Tem feito investigação em aspetos relacionados com: Ecologia e genética de populações de bactérias do género Legionella; evolução molecular de fatores de virulência de Legionella; metagenómica estrutural e funcional em ambientes terrestres profundos; caraterização de microbiomas associados a animais; “enzyme mining”; Educação em Ciências.

Tema da palestra: Coisas da Vida: na Lua e em Marte

 

Álvaro Pinto · Diretor Executivo do Centro Ciência Viva do Lousal, FCUL / IDL

Álvaro Pinto nasceu no Porto, em 1965. É licenciado em Geologia pela Universidade do Porto e tem o Mestrado em Geologia/Metalogenia pela Universidade de Lisboa. Foi mineralogista na mina de Neves Corvo e no Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa. Foi professor assistente convidado, por 3 anos, no curso de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

É atualmente o Diretor Executivo do Centro Ciência Viva do Lousal em representação da Faculdade de Ciência e investigador do Instituto Dom Luíz (IDL) da Universidade de Lisboa. Participou ainda em diversos projetos de investigação e expedições científicas. É autor ou co-autor de mais de três dezenas de textos científicos e orador convidado em diferentes organismos.

Tema da palestra: Evolução Mineral - Mineralogia na 4ª Dimensão

 

João Lousada · Astronauta análogo, Columbus Flight Director

João Lousada é Director de Voo (Flight Director) do Módulo Columbus da Estação Espacial Internacional. Fez a sua formação inicial no Instituto Superior Técnico, em Portugal, com um Mestrado em Engenharia Aeroespacial que incluiu estudos realizados na Universitat Politecnica de Catalunya, em Espanha e na University of Victoria, no Canadá. Trabalhou em conceitos de viabilidade espacial na Agência Aeroespacial Alemã (DLR) e em montagem, integração e teste de satélites na OHB System, para projetos da Agência Espacial Europeia (ESA).

É também membro ativo de várias organizações voluntárias relacionadas com o setor espacial, como a Federação Internacional Astronáutica (IAF) ou o Conselho Consultivo de Geração Espacial (SGAC), onde participa e lidera vários projetos técnicos; para além de ter atuado como co-líder do Grupo de Segurança e Sustentabilidade Espacial, como ponto de contato nacional para Portugal e como coordenador regional para toda a Europa.

João Lousada é ainda Astronauta análogo e Comandante de missões no Fórum Espacial Austríaco, tendo participado em várias missões análogas a Marte com diferentes simuladores de fatos espaciais. Encontra-se neste momento a preparar a sua próxima missão, que irá decorrer no deserto de Neguev, em Israel.

Tema da palestra: O que faz um Astronauta análogo


Ana Noronha · Direção Ciência Viva

Ana Noronha licenciou-se em Física na Faculdade de Ciências de Lisboa em 1980. Em 1987 obteve o doutoramento em Física, na área de Sistemas Não Lineares, no Instituto Superior Técnico. É Diretora Executiva da Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, onde desenvolve a sua atividade desde 1998, participando em vários projetos internacionais sobre o Espaço e o Oceano. Ana Noronha é também a Diretora do ESERO Portugal.

 

 

Tema da palestra: Sessão de entrega dos certificados e finalização dos trabalhos

  

  

Painel de discussão aberto ao público | Direito Espacial: Explorar a Lua ou Marte, com que Direito?

  

Magda Cocco · Vieira de Almeida Advogados

Integra a Vieira de Almeida (VdA) desde 1994, sendo sócia responsável pela área de Comunicações, Proteção de Dados & Tecnologia e sócia responsável pelo sector Aeroespacial da VdA. Tem uma vasta experiência no sector das comunicações electrónicas em várias jurisdições, em particular em Portugal e nos países de expressão portuguesa. Tem liderado diversos estudos como o da União Internacional das Telecomunicações e outras entidades internacionais.

No sector Espacial, tem estado envolvida em vários projetos, tais como a negociação de contratos para a construção e lançamento de satélites e instalação de estações terrestres e assessorado Governos na elaboração de estratégias e legislação relacionadas com o Espaço. Entre outras funções, é a representante da VdA na International Astronautic Federation (IAF). Participa em diversos fóruns ligados ao sector Espacial nomeadamente da United Nations Office for Outer Space Affairs (UNOOSA).

 

Maria Paula Diogo · Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa

Maria Paula Diogo é Doutorada em Epistemologia das Ciências - História da Ciência e Agregada em História da Tecnologia. Começou a lecionar em 1986 na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, como Assistente Estagiária, e é Professora Catedrática desde 2012. É Presidente do Departamento de Ciências Socais Aplicadas e Coordenadora do Pólo UNL do Centro Interuniversitário de História da Ciência e da Tecnologia. É pioneira da área da História da Tecnologia em Portugal e a sua investigação centra-se na História da Tecnologia e Engenharia em Portugal e Colónias; História da Ciência em Portugal; e Processos de Globalização/Mundialização da Ciência e da Tecnologia. Coordena vários projectos de investigação, pertence a diversas redes de investigação internacionais e ocupa cargos de direcção em revistas e organizações nacionais e internacionais.

 

Daniel Folha · Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e Instituto Universitário de Ciências da Saúde (CESPU)

Daniel F. M. Folha licenciou-se em Física/Matemática Aplicada, na Universidade do Porto em 1992, obteve o Mestrado em Astrofísica no Queen Mary & Westfield College (QMW), Universidade de Londres (Reino Unido) em 1993; e o Doutoramento em Astrofísica, também no QMW, em 1998. É investigador no Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) e no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. Durante o ano de 1999 foi Astrónomo do CAUP no Isaac Newton Group (ING), em La Palma, Ilhas Canárias, Espanha. De 2005 a 2008 liderou um projeto Ciência Viva destinado à promoção da cultura científica através do desenvolvimento de atividades e materiais de divulgação de ciência no âmbito da Astronomia. Desde 2005 é Professor Auxiliar Convidado no Instituto Universitário de Ciências da Saúde (CESPU). As suas atividades principais incluem: os estudos de estrelas jovens e fenómenos a elas associados; ensino de Física básica a alunos de cursos de primeiro ciclo nas áreas das Ciências da Saúde; promoção da cultura científica.

 

Organização e apoios

                  




Partilhe





Outras iniciativas


CanSat Portugal 2018
CanSat Portugal 2018


Curso de Verão - Compreender a Terra através do Espaço II
Curso de Verão - Compreender a Terra através do Espaço II


Formações ESERO Portugal de 2018
Formações ESERO Portugal de 2018